quarta-feira, 29 de novembro de 2006

[ Amor assim nunca se viu! ]


VOLTAMOS À SÉRIE B...
VALEU LEÃO. FAZ MEU CORAÇÃO FELIZ!





RUMO À SÉRIE A

segunda-feira, 27 de novembro de 2006

[ Nunca me senti tão desvalorizado! ]

Hoje estava eu tão tranquilo, fazendo gozação com um colega de trabalho que vai se casar em janeiro, afirmando que a vida dele valia apenas 90 reais. Esse é o preço que o Cartório de Registro Civil cobra para registrar um casamento. Imagina só? 90 reais para se perder a vida, a liberdade... tá bom, há controvérsias, mas quem conseguir me provar dou um doce.

Então recebi na minha mesa um pequeno envelope com a logomarca da CAIXA SEGUROS. Para mim? O que seria? Tchan... tchan... tchan... tchaaaaaan!! A minha empresa fez um seguro de vida no valor de R$ 10.000,00. Minha vida vale só 10 mil reais. Acreditam nisso? Minha vida vale um Gol bola, mas de duas portas. Nunca me senti tão desvalorizado. Pior foi quando tive que descrever na apólice quem era meu beneficiário. Quem receberia essa fortuna toda? Bem, coloquei minha sobrinha. Vai que eu morra justamente quando ela estiver precisando de dez mil reais?

[ Diálogos ]

- Eu soube até que foram te dizer que eu dei em cima dela...
- É, eu soube dessa conversa mesmo.
- Pow, nada haver. A língua desse povo é grande né?
- ...
- Mas porque você não ficou chateado, ou veio falar comigo?

Pensei em inventar algo, mas resolvi ser sincero:

- Tsc, você é meu amigo, vou esquentar para o que esse povo fala? Além disso, se fosse verdade, "sem vergonha" seria ela, não você.
- ...


________________________


Disso tudo, posso estabelecer uma coisa: homem que larga uma amizade por causa de mulher, não pode ser considerado homem.

É um banana!!!

domingo, 26 de novembro de 2006

[ Tô ficando atoladinho... ]

Pense num domingo sem graça, onde para passar o tempo, voce decide ir com sua turma para o clube. O clube também está sem graça. Então você decide ir embora, e derrepente começa a chover copiosamente. Entao voce lembra que o clube fica no setor de chácaras, a rua é de barro e enladeirada... qual o resultado?

Quatro carros atolados, onde tivemos que descer e empurrar. Resultado: a diversão foi melhor do que o clube em si. Pelo menos posso dizer que estava no Rallye dos Sertões.








Um Corsa, dois Kadette e um Escort. Acreditam que um fusquinha não atolou e deixou-nos todos para trás?

sexta-feira, 24 de novembro de 2006

[ Da Série: Uma esmola pelo amor de Deus ]



O que é que eu estou fazendo aqui parado?

quarta-feira, 22 de novembro de 2006

[ O Maior Homem que Já Viveu ]

Trabalharemos em dezembro com esse excelente livro. Junto com Proclamadores do Reino, O Maior Homem foram os únicos que "devorei" em apenas uma noite, logo após o lançamento deles no congresso. De leitura facil e interessante o livro foi recebido muito bem pelas pessoas que eu dei testemunho informal, desde que foi lançado em 1991. Por isso, aproveitando o ensejo da reunião desta semana, permitam-me contar duas experiências que tive com este livro.

:::::: Em 1992, eu trabalha como Recepcionista do Farol Barra Flat, na Barra, em Salvador. O gerente era evangélico e sabia que eu havia sido também no passado, por isso não se conformava em saber que eu tinha me tornado Testemunha de Jeová. Assim, sempre que podia, procurava conversa comigo para questionar minha fé. Mas não era assim estressante pois conseguíamos manter a conversa num tom cordial. Numa dessas conversas aprensentei a ele o livro Maior Homem - naquela época os evangélicos pintavam as TJ como anticristo. Ele olhou com desdém, mas levou para sua sala. Durante o dia todo, nas várias vezes que passava em sua mesa, via ele lendo o livro com uma atenção grande. No final do dia, quando estava indo embora, ele me falou se poderia levar para casa. Tudo bem, no problem!. No dia seguinte, ele me devolveu o livro dizendo que foi um dos livros mais bem feitos sobre Jesus Cristo. Ironicamente, disse ele, as Testemunhas de Jeová fizeram o melhor livro que li até hoje sobre o nosso Senhor. O mais engraçado foi quando ele perguntou: Voces devem está ganhando rios de dinheiro com esse livro, não é? Quando disse a ele que o livro era repassado por uma contribuição, ele ficou pasmado.

:::::: No ano passado, eu levei o livro para o trabalho e mostrei para alguns colegas. Um deles - Luciano - leu o livro que falava sobre o flagelo de Cristo. Logo depois ele voltou com essa:

- Esse livro imitou o filme de Mel Gibson, né?
- Que parte?
- Essa aqui, que fala do chicote que Jesus foi flagelado. Que arrancava a pele, a carne, etc...

Então mostrei a ele a data que o livro foi lançado (1991) e perguntei a ele quando foi que "A Paixão de Cristo" foi lançado no cinema. Ele pensou, pensou e declarou:

- Puxa, esse livro é fantástico. Acho que é o único livro que menciona tantos detalhes à respeito da morte de Cristo. Consegue um para mim?

segunda-feira, 20 de novembro de 2006


[ Sacros & Profanos ]


Este final se semana foi a minha assembléia de circuito. Foi boa? Claro que sim. O tema "Armazene tesouros no céu" foi bem proveitoso para uma cidade como Brasília e suas satélites, onde o espírito do materialismo reina abundamente sobre a região. Uma pena que eu não pude tirar o proveito desejado.


O sábado começou com uma baita dor de cabeça com o ônibus da caravana quebrando e parando cinco vezes até chegarmos em cima da hora na local. Some-se isso ao estresse com o motorista, o estresse dos irmãos preocupados e reclamando (com razão, vale frizar) e o estresse que ainda ter que dar explicações aos anciãos. Não gosto de chegar em Assembléias assim. Mas no dia seguinte foi mais tranquilo.


O local? Brazlandia, cidade satélite uns 58 kilometros de Brasília. Só perde para Planaltina em distancia do Plano Piloto. E sair do Gama à Brazlandia é uma contramão, mas acredito que os irmãos tenham gostado. O Ginásio é muito bonito e fica bem no centro da cidade que possui um lago artificial muito bonito e aconchegante. O calor estava insuportável, mas o lugar era muito bem ventilado.


Irmãos? Os mesmos de sempre: todos de Santa Maria, Gama, Samambaia, Recanto das Emas e Santo Antonio do Descoberto-GO. Almoço? Nem precisava, quando se é solteiro, popular e cara-de-pau, nunca se passa fome em congressos e afins. Irmãs? Muitas, mas algumas as mesmas de sempre: só tamanho. Quando se vê idade e cabeça...


Mas no fim, entre sacros e profanos, a assembleia foi muito boa. Trabalhei como indicador no domingo que quase levou meu tempo. Os discursos, as experiências, enfim, todo o alimento espiritual adicionado ao companheirismo dos irmãos, sempre transformam neste que é a nossa maior festa, a nossa melhor ocasião. Que venha a próxima assembleia em março.

sexta-feira, 17 de novembro de 2006

[ Mi casa, su casa ]

Se você costumava acessar este Diário por meio do link do 1BR.NET deve estar estranhando a nova roupagem deste Albergue. Mas se você entrava por meio do Blogger.com.br, descobriu que minha página anterior foi removida, apagada, excluída, banida da internet para sempre.

Moisés, ancião presidente da congregação onde faço parte, costumava me dizer há tempos para não confiar em nada que vem da Rede Globo. Mas infelizmente não é sempre que costumo ouvir conselhos, e não é que a Globo me sacaneou mesmo?

O domínio BLOGGER.COM.BR foi lançado há 5 anos pela Globo como site gratuito. Em 2004 eles começaram a cobrar dos novos usuários, mas prometeram que os antigos continuariam usufruindo gratuitamente até segunda ordem. Como não havia recebido segunda, terceira e nenhuma ordem postava tranquilamente até que a Globo.Com simplesmente apagou tudo. Tirou tudo do ar! Perdi minhas fotos, minhas postagens anteriores, os comentários elogiosos e os maldosos. Perdi 5 anos de postagens de coisas boas, ruins, alegres, tristes, edificantes, outras nem tanto, enfim, apagaram tudo da minha vida.

Mas vejamos pelo lado bom. Aquele leiaute já estava cansativo. Eu estava mesmo querendo fazer um novo leiaute, mas descobrir que perdi a paciência para isso. Assim, pensei em procurar modelos prontos. De inicio tentei o IG do qual eu sou cliente banda larga. Mas desisti: se voce está pensando em montar um blog, esqueça o Blig. Ô troço ruim!

Aí me lembrei que ao contrário da versão brasileira, a versão americana do BLOGGER continuava firme, forte, e o melhor, gratuito. Assim, começo uma nova fase do novo DIÁRIO DO ALBERGUE. Seja bem vindo... faça de conta que a casa é sua.