sábado, 29 de dezembro de 2007

[ Que Jano se exploda ]

Dia 01 de janeiro é o dia em que todo o planeta faz homenagens - mesmo que sem saber - ao deus romano Jano, o senhor dos términos e dos inicios. Era o porteiro celestial, sendo representado com duas cabeças, representando os términos e os começos, o passado e o futuro. Segundo a mitologia romana, era o responsável por abrir as portas para o ano que se iniciava, e toda porta se volta para dois lados diferentes.

Por causa de Jano, Julio César, criou o mês de janeiro. Desse modo, será que nós Testemunhas de Jeová deveríamos chamar Janeiro de "Janeiro"? Um caso a se pensar!

Bem, mas estou pouco me lixando para Jano. No meu trabalho uma amigo me perguntou por que nós não festejavamos o Reveillon. Quando tentei explicar que o dia era uma homenagem religiosa a Jano, ela falou:

- Tô pouco me lixando para Jano. Eu quero é curtir a festa!

Pois é, isso se chama ignorancia religiosa. Mas sabe de uma coisa? Que se dane Jano. Ninguem nem sabe quem ele é. 2007 foi um ano muito ruim pra mim. Será que o ano de 2008 será melhor? Duvido, mas quem está preocupado?





Queria agradecer mais uma vez a todos que perdem seu tempo para acessar este blog e ler as baboseiras que escrevo. Eu instalei um contador em minha página no dia 07/05/2007 e hoje conta-se que de lá para cá 3.100 pessoas visitaram ele. Eu fazendo o cálculo (mentira, quem fez foi Excel) significa que em 237 dias, uma média de 13 pessoas visitaram meu blog.

Mais uma vez, meu muito obrigado. Nos vemos no ano que vem!



.

sexta-feira, 28 de dezembro de 2007

[Windows Pirate]

Você acha que computador é muito mais do que acessar Orkut e MSN? Sempre ouviu dizer que Bill Gates pratica o monopólio? Gostaria de saber como nasceu o Windows e como a Microsoft se tornou a maior empresa de softwares do mundo? Quer ver como a IBM e a Xérox fizeram a maior burrada de sua história? Então você tem que assistir Piratas do Vale do Silício.

É um filme produzido em 1999 e que passou bem longe dos cinemas brasileiros, e possivelmente das nossas locadoras também. Mas se você procurar, acha. O filme conta a história de Steve Jobs e Bill Gates, criadores respectivamente da Apple e da Microsoft, no fundo da garagem e como se tornaram as duas maiores empresas de computadores pessoais do mundo.

Baseado em fatos reais, o filme traz algumas revelações fantásticas, como detalhes de como no fundo da garagem, Jobs conseguiu convencer altos executivos da HP a comprar sua idéia. É hilário a cena em que o empresário diz a ele:

- Você diz que esse computador é para pessoas comuns. O que eles iam querer com computadores? [Silêncio]

Paralelamente, vemos como um jovem estranho e tímido decide abandonar Havard para também lançar um projeto de computador pessoal. Seu nome? Bill Gates. O legal do filme é mostrar que tanto Jobs como Gates não eram tão mocinhos assim. A diferença entre ambos é mostrada nos seus tratos com subalternos; enquanto Jobs dirige sua empresa com dureza e incentivando rivalidades, Gates prefere deixar as pessoas à vontade, inclusive, para “roubar” um software que mais tarde, depois de aperfeiçoado, se transformaria no Windows.

É um filme bem legal para quem gosta da historia que envolve as duas empresas. O filme termina na fase de quase falência da Apple e não fala da volta por cima, quando eles lançaram o novo Macintosh e o IPod. Mas dá uma idéia que nesta briga, nenhum dos dois foram santinhos.



Bill Gates e Steve Jobs hoje: não se enganem com esse sorriso.




.

terça-feira, 25 de dezembro de 2007

[ Pessoas Diferentes ]

Esta semana a revista Época traz sob o título “Casamento Evangélico e Gay” uma extensa reportagem sobre a Igreja Contemporânea que abriga ex-pastores e fiéis de outras denominações. Curiosamente, um dos “noivos” que estava se casando, um tal de Vanderson, é mencionado como ex-Testemunha de Jeová.

Ficou chocado? Eu nem tanto. Fiquei muito mais decepcionado em saber que devido a sua opção sexual ele decidiu parar de lutar contra as artimanhas de Satanás, esquecer toda a verdade bíblica que aprendeu e se devotar numa fé falsa como membro parte de uma igreja picareta, do que necessariamente por ter assumido sua homossexualidade.

Antes de tudo, vale frizar que ter tendencias homossexuais é uma coisa; praticar o homossexualismo é outra. Lembre-se que Jeová odeia o pecado, não o pecador. (Rom. 3:23). Assim, da mesma forma como você, que apesar de desejar tanto o sexo oposto, mas nem por isso se tornou fornicador, uma pessoa que descobre ter tendências homossexuais ainda não violou as Leis de Jeová.

Durante minha vida como Cristão, lidei com três amigos cristãos que tinham tendências homossexuais. Lamentavelmente, dois destes sucumbiram e decidiram seguir suas vidas tortuosas e foram desassociados. Mas um deles se manteve íntegro até hoje e serve, inclusive, numa Congregação como pioneiro regular. Segundo ele, apenas eu, uma outra irmã, amiga nossa, e sua mãe sabem disso. Sua mãe é sua maior fonte de ajuda espiritual. As vezes torcia e até forçava algumas irmãzinhas para que ele namorasse e fizesse as pessoas parar de comentar ou fazer piadinhas, mas depois descobri que não é tão simples assim. É uma luta diária onde cada dia é uma vitória.

Esta questão é muito delicada e exige não só espiritualidade, mas principalmente, madureza e bom senso dos anciãos para que saiba lidar com o assunto. Infelizmente nem todos estão preparados para lidar com isso. Às vezes, estas pessoas precisam apenas de compreensão, apoio, um ouvido amigo e oportunidade de desenvolver sua fé e confiança em Jeová, além de coragem para lutar contra seu modo de pensar.

O mais importante é que estas pessoas não se vejam como monstros, aberrações ou anomalias, mas que por algum motivo (seja genético, comportamental ou doença, sei lá) sabem que não é uma pratica aprovada por Jeová e por isso esperam o tempo quando Jeová estabelecer o seu reino na terra, todas estas coisas detestáveis que conhecemos como materialismo, fornicação, adultério, homossexualismo, bebedeiras, acabarão. (1 Cor. 6:9,10) Estas pessoas são dignas da minha admiração, pois demonstram vividamente que amam a Jeová e estão dispostas a lutar contra sua própria natureza para se manterem íntegros e fiéis.

Por isso, o ex-Testemunha de Jeová mencionado na reportagem é digno do meu desprezo. Não por assumir e praticar a sua homossexualidade; mas por ter dado às costas ao nosso Deus Jeová!



.

segunda-feira, 24 de dezembro de 2007

[ Espírito do Natal?? ]



ESTA NOITE TODO O PLANETA CELEBRARÁ ESTE ESPÍRITO QUE OCORRE APENAS UMA VEZ POR ANO. ESTE ESPÍRITO QUE UNE PESSOAS NUM MESMO IDEAL, QUE APROXIMA DOS DISTANTES, QUE TRAZ O SORRISO NOS LÁBIOS, AMIGOS SE ABRAÇAM, COLEGAS DE TRABALHO SE BEIJAM, RIVAIS SE UNEM, NÃO HÁ DIFERENÇA, NÃO HÁ INIMIGOS, ENFIM, QUE HOJE TODOS POSSAM CELEBRAR ESTE...


ESPÍRITO DE FALSIDADE!



sexta-feira, 21 de dezembro de 2007

[ Arco-Íris ]

"E acontecerá que,
quando eu trouxer uma nuvem sobre a terra,
então é que aparecerá o arco-íris na nuvem.
E hei de lembrar-me do meu pacto entre mim e vós..."
- Genesis 9:14,15.






E deu certo. Pelo menos para mim. Toda vez que vejo um arco-íris a primeira coisa que lembro é do Dilúvio e da promessa feita por Jeová de que jamais destruiria a humanidade com água novamente.


É interessante falarmos sobre isso, uma vez que o aquecimento global tem feito surgir várias teorias catastróficas, e uma delas, é que a Terra perderia parte do seu litoral, por causa do degelo das calotas polares do sul e do norte. Minha cidade, Salvador, perderia suas belas praias e seríamos obrigados a recuar mais ao centro dos continentes.


Um estudante me perguntou: "Mas isso seria contra o pacto de Jeová!". Não necessariamente. Jeová fez um pacto que jamais destruiria a humanidade com um dilúvio que cobrisse TODA a terra de água. No entanto, se as calotas do Pólo Sul e Norte derreterem, não está destruindo a humanidade, pois não cobrirá todo o planeta.


Mas até 2015 - quando, segundos os cientistas, as calotas estarão na sua maioria derretidas - muita coisa pode acontecer, inclusive, o Armagedom. Aí lembraremos de outro texto bíblico que diz que Jeová vai "arruinar os que arruinam a terra". (Rev.11:18)


Mas quem são estes que arruinam a terra? Os governos? Os donos de fábricas? E os irmãos que trabalham nestas fábricas? E quanto aos irmãos que não se preocupam com o meio ambiente? Algo a se pensar!



.

terça-feira, 18 de dezembro de 2007

[ Órfãos de Cinema ]

O Gama, uma das principais cidades-satélites de Brasília, chamada de “Capital do Entorno” devido a sua proximidade e importância com as cidades goianas da fronteira, ficou órfã de cinema. O grupo Arco Íris, que administrava os dois cinemas do Shopping Gama, fecharam as portas e foram embora.

Também pudera; o shopping está passando por uma grande reforma de decoração e ampliação, mas não cuidava de seus dois cinemas que acumulavam sujeira, cadeiras quebradas, som de péssima qualidade (ninguém entende filmes dublados ou nacionais).

Agora é esperar que um empresário do ramo aceite não só administrar as duas salas, como também reforma-la e transforma-las em cinemas de verdade.


.

sexta-feira, 14 de dezembro de 2007

[ O valor de um homem ]


A vida de um homem vale R$ 97,00. Sua vida, sua liberdade, sua privacidade, sua calmaria vale quase cem reais. O praço básico!



Hoje eu fui no Cartório de Registro Civil para dar entrada no casamento de meu amigo Valdson e sua lindíssima noiva Gabriela. De todos os casamentos que houve até agora, este eu tive participação direta. Fui o responsável por aproximar os dois, por isso, fui convidado para ser testemunha.

Agora que eles decidiram se casar não sei se fico feliz, ou se me sinto culpado.


.


.


Mas casar deve ser bom. Senão estariam todos solteiros.


.


.


Agora sobra eu, Ismael e meu irmão. Como Ismael e Pedro já estão quase casando, possivelmente 2008 serei condecorado como o últimos dos solteiros. Azar deles!


.

quinta-feira, 13 de dezembro de 2007

[O bloco do eu sozinho]






Deixa eu brincar de ser feliz.
Deixa eu brincar com o meu nariz



+ Los Hermanos +

segunda-feira, 10 de dezembro de 2007

[ Dentista & Justiça ]


O que existe em comum com estas palavras? Nada! No entanto, quando se trata de André Lago e a Lei de Murphy, "nada" é uma palavra que nem sempre significa ausência de alguma coisa.


Eu sou meio preguiçoso para dentistas. Aquela maquininha utilizada exclusivamente para doer o dente, dói na minha espinha dorsal. Eu poderia continuar bem distante de odontologistas se fosse uma porcaria de pedra na feijoada que fez quebrar um dente meu. O jeito foi enfrentar a fera!


Curiosamente, neste mesmo dia de consulta ao dentista eu teria uma audiência de julgamento de um processo trabalhista, o qual eu seria testemunha. Quando eu me dirigi ao dentista não achava que faria nada demais, mas nãããão, a dentista "tinha tempo livre, vamos resolver logo isso!".


Eu sei que existem posições mais embaraçadoras que ficar de boca aberta para uma dentista. Eu mesmo já passei - e pude relatar - duas situações destas: um exame no urologista e uma cirurgia no pescoço com uma médica peituda que não tinha se tocado que os apontava bem para cima de mim. No entanto, o dentista é uma coisa horrorosa também.Ficar lá de boca aberta, com uma pessoa enfiando um troço nos seus dentes, mandando você cuspir de vez em quando, não é uma posição que gostaria que me vissem. Mas após "bisonhadas" e anestesias, lá corre eu para a 14ª Vara do TRT de Brasília.


Ser testemunha é uma coisa normal, exceto se você for mentir. Mas no nosso caso esse não era o problema; mas apesar da verdade, o advogado achou por bem sincronizarmos os testemunhos para que não houvesse surpresa. Tudo bem? Tranqüilo? Que nada! O advogado esqueceu de me dizer que eu não seria recebida pelo juiz com bolinhos e refrigerante.

- Senhor André Luís Lago Silva?
- Sim, senhora. - Era uma juiza.
- Fique de pé!!
- Unf..!
- Você sabe que falso testemunho é crime passível de 3 anos de prisão? Que se eu perceber que você está mentindo eu te darei voz de prisão e você sairá daqui diretamemte para a detenção?!!


Minha boca estava anestesiada, mas meus pés, minhas mãos, meu corpo, minha bexiga não. Tremi feito pau de sebo em dia de São Judas e quase que minha boca totalmente anestesiada não dizia nada que não fosse "Sim", "Não" e "Não Sei". Ô situação! Meu colega disse que se pudesse filmaria a cena para poder zoar de minha cara.


Enfim, é assim que as coisas acontecem. Depois dessa aprendi uma lição. Entre a justiça e uma obturação; melhor ficar em casa.



.

sábado, 8 de dezembro de 2007

[Perdendo Dentes]


As brigas que ganhei,
nem um troféu como lembrança
pra casa eu levei.

As brigas que perdi,
estas sim, eu nunca esqueci.


+ Pato Fu +




.

sexta-feira, 7 de dezembro de 2007

[ Vidas Opostas? ]

Ontem foi o aniversário de um grande amigo meu. Sei disso porque ele faz um mês depois que eu faço. Hoje ele é Superintendente de Circuito servindo no interior da Paraíba juntamente com sua esposa. Ela, por sinal, me ama, mas na nossa época de adolescente não ia muito com minha cara porque achava que eu saía com ele para arrumar namoradas pelos congressos à fora.

Wesley estudou comigo na Escola Técnica da Bahia. Nos batizamos no mesmo dia. Quando ele se tornou Servo Ministerial, eu também me tornei. Quando ele saiu pro serviço de Pioneiro Especial, eu não fui. Ele se tornou Ancião; eu não. Ele se casou; eu não. Ele se tornou superintendente de circuito; eu não!

Ele é o único superintendente não bajulável que eu conheço. Com o amor e devoção que ele tem, espero que eles continuem progredindo espiritualmente cada vez mais. Já pensou se um dia ele fosse designado para minha região? Seria bom demais!


.

quinta-feira, 6 de dezembro de 2007

[ Palavras Tristes ]


Prometo não escrever palavras tristes. Embora é errado prometer o que não se pode cumprir. Ando dissolvendo a cada dia como uma bola de carne embebecida por ácido sulfúrico. Mas vou tentar escrever coisas alegres, ou pelo menos interessantes. Só não poderá ser de minha vida pois não existe nada mais sem graça do que ela. Lá no fundo deve haver algo de engraçado em mim, pois os sorrisos que costumo dar de vez em quando não pode ser somente uma expressão superficial de minha alma. Deve haver palavras alegres que eu possa compartilhar com vocês. Deve haver. Deve haver.



.

terça-feira, 4 de dezembro de 2007

[ Partimpim ]



Eu não existo longe de você.
E a solidão é meu pior castigo.
Eu conto as horas pra poder te ver.
Mas o relógio está de mal comigo.


+ Adriana Calcanhoto +





.

segunda-feira, 3 de dezembro de 2007

[ Inimigos dos gordinhos ]

A Revista VEJA desta semana citou os sete pecados dos gordinhos. Apesar dos meus 1,85 metros de altura, meus 96 kilos de massa semi-muscular já começa a me delatar. Dizem que falta só mais um pouquinho para eu entrar na galeria dos gordinhos. Se depender dos pecados citados por VEJA, podem preparar minha carteirinha do clube:




>> A TV COMO AMIGA

Indagados sobre o local preferido para fazer as refeições, os gordinhos e obesos foram unânimes: em frente à televisão. Eu só consigo comer direito em frente à televisão ou em frente ao computador. Dizem que a gente acaba prestando a atenção na TV em vez da comida. Balela isso, afinal, antes de ir em frente a TV eu prestei bastante atenção no X Tudo que eu estava preparando.

>> REFEIÇÕES RÁPIDAS

"Somado, o tempo dedicado às três principais refeições é inferior a uma hora. O café-da-manhã é devorado em doze minutos, em média; o almoço, em 22 minutos; e o jantar, em 21 minutos. Cada uma das refeições deveria durar pelo menos o dobro disso."

Me poupe. Quem leva 40 minutos mastigando um almoço? Vai me dizer que Giane Albertoni e Giselle Bundchen passa esse tempo todo mastigando?

>> DESCANSO REGADO A GORDURA

"Quando chega o fim de semana, seis de cada dez gordos liberam geral. Eles gostam de empanturrar-se de refrigerante e churrasco – em geral, aquele em que o espeto sai do fogo pingando gordura." Só não digo que isso é verdade porque ninguem me convida todo final de semana pra um churrasco.

>> PREPARO INADEQUADO

Opa! Como eu não cozinho e almoço de segunda à segunda em restaurante, pelo menos dessa posso ficar de consciência limpa.

>> COXINHA, CHOCOLATE, BISCOITO...

Desde que descobri que meu colesterol estava beirando os 400 resolvi largar isso... mas pão, póóóde!

>> PÃO E ARROZ

Engraçado, eu achava que o vilão da história era o feijão. Taí, vou passar a comer mais feijão do que arroz. Resolvido!

>> PADARIA COMO DIVERSÃO

"De cada dez brasileiros acima do peso, sete escolheram 'ir à padaria' como a principal atividade de lazer." Eu não! Prefiro mil vezes ir no churrasquinho que fica na esquina do prédio onde moro. Delícia!



.