segunda-feira, 31 de março de 2008

[ Como salvar uma vida? ]

Cerca de uns 15 adolescentes foram selecionados para um clipe de uma banda. Todos eles tinham apenas uma coisa em comum: entes queridos falecidos ou desaparecidos. Numa sala branca, o diretor pediu a todos eles que relembrassem os momentos que tinham passado com essas pessoas. O resultado são declarações tristes, entre lágrimas e choros, expressões de raiva, desespero, tristeza e alegrias. Todas as imagens devidamente captadas. Era o inicio da produção de um dos clipes mais lindos que eu já vi até hoje.


How to save a life
The Fray.



O vídeo music é muito simples. Entre imagens dos adolescentes e da banda, o diretor – Mark Pellington, que havia perdido sua esposa em 2004 – incluiu algumas sugestões das “100 formas de viver melhor a vida”, como, perdoe, ame, abrace alguém, fale com um amigo, tenha fé, escute, tenha medo, chore, etc.

Eu sou meio sensível para estas coisas e não me envergonho de assumir que choro todas as vezes que assisto esse clipe.

Quer conferir? CLIQUE AQUI.

sábado, 29 de março de 2008

[Dia de Decisão]



Um dia você se perderá no vazio de seu próprio coração.
Encontrará um canyon, com toda beleza e majestade, mas que lhe fará medo.
Então sentirá a felicidade e a desgraça.
Por um lado a desgraça que poderá advir.
Por outro lado a alegria da realização.
Frente a esse abismo, seu cérebro ficará confuso e vacilante.
Não saberá se caminha adiante ou se recua.
Caminhar poderia ser o encontro da garganta do inferno
e recuar seria sucumbir o seu próprio coração solitário.


Você decide!...

quarta-feira, 26 de março de 2008

[ Hard ]





I try so hard
can't seem to get away from misery
man I try so hard
will always be a victim of these streets


"I Tried so hard"
AKON


terça-feira, 25 de março de 2008

[ Uma nota para os (meus) pais ]

Segundo a Despertai! de maio, na série “Os Jovens perguntam: Por que não acabar logo com tudo?”, são 7 os sintomas de uma pessoa que está pensando em suicídio:


Isolar-se da família e dos amigos.
Bota isolar nisso...

Mudança de hábitos alimentares e de sono.
Há tempos que não sei o que é sono...

Perda de interesse em atividades que gostava de realizar.
Até esse blog, de vez em quando, não tenho mais vontade de escrever...

Mudança marcante de personalidade.
“André, você está muito diferente. Gostava de você quando era mais alegre”, serve?

Uso de drogas ou abuso do álcool.
Rivotril e Celebrin não se compram em padarias com receita médica.

Desfazer-se de objetos que gostava muito
Eu nem acreditei quando joguei todos os meus CD fora...

Falar sobre morte ou ocupar-se com assuntos relacionados com ela.
Quando eu morrer, lembrem-se: nada de enterro; eu quero ser cremado.



Como diria um psiquiatra: melhor não deixa-lo sozinho.

sábado, 8 de março de 2008

[ Morreu, solteiro e sem filhos ]


"Pára o mundo,
que eu quero descer"


Sim, Rubens de Falco, o eterno Coronel de "Escrava Isaura". Ao noticiar sua morte, o William Bonner finalizou: "ele morreu aos 76 anos de idade, não era casado e não tinha filhos". Morreu sozinho! Sem deixar um legado, um nome. Possivelmente suas irmãs eram as únicas presente no hospital. Isso é triste.

A primeira coisa que fazemos é comparar. Será que eu também vou morrer assim? Sem filhos e solteiro? Não sou casado, não tenho nem namorada e casamento não está nos meus planos "nem a pau". Com minha idade, nem sei se quero mais ter filhos, pois eu queria ser pai, não avô. Antigamente ser linda era o único requisito que tinha para querer estar com alguém. Hoje, eu olho mais para o interior das pessoas, e na maioria vezes, o que acho são futilidades.

Então melhor do que ser um marido chato, melhor ser um solteiro esquecido. Li na Veja que no Japão existem pessoas que se escondem do mundo. Vivem enclausurado dentro de casa e a TV ou internet são seus únicos canais de comunicação com o mundo. Ainda não cheguei nessa fase, mas estou chegando próximo.

Liguem pra mim algumas vezes. Se eu não atender, pode vir pegar o corpo. Ah, e falem com minha amiga Carmen. Ela sabe dos detalhes do meu enterro. Nada de enterrar. Quero ser cremado. ("Tenho medo de ser enterrado vivo").

sexta-feira, 7 de março de 2008

[ Why so serius? ]


Ansiedade é uma coisa louca. Faltam 4 meses para a estréia no Brasil de Batman 2 - O Cavaleiro das Trevas. Ontem foi divulgado mais dois posters novos.







Por que você está tão sério??

quinta-feira, 6 de março de 2008

[ Mudanças ]

Eu detesto mudanças. Mas nem sempre foi assim. Deve ser uma evidência de que estou ficando velho, afinal, quanto mais antigo, mais conservador fica, se tornando menos suscetível a mudanças.

Mas a mudança que estou me referindo é mudança de casa. Infelizmente sou um dos milhares de escravos do aluguel e a cada 3 anos tenho que arrumar o acampamento e trocar de lar.

Eu até tentei encontrar uma casa para ver se mudava radicalmente, mas acabei encontrando outro apartamento, mas graças a Jeová, um pouco melhor do que moro hoje.

Uma das piores coisas em aluguel, principalmente quando se arruma numa imobiliária, é encontrar um fiador. Ainda bem que tenho um fiador que sempre confiou em mim desde que cheguei em Brasília. Mas desta vez, me obrigaram a arrumar mais um, e aí é que começa o problema. É incrível como as pessoas tem medo de afiançar alguém. Mas não as condeno, afinal, eu afiancei alguém e hoje estou no CFC por causa disso.

Mas se tudo der certo, a partir de segunda tenho um novo lar. E quem sabe, um novo ânimo na minha vida.


.

segunda-feira, 3 de março de 2008

[ Carta da Terra ]

Esta semana uma irmã me passou um e-mail de uma pessoa que comentava um documento a ser elaborado pela ONU, chamado de "Carta da Terra", onde entre outras coisas, promoveria "uma declaração de princípios fundamentais com significado perdurável e que possa ser compartilhada amplamente pelos povos da todas as raças, culturas e... religiões". Como detesto correntes e informações sem fonte confiáveis, fui buscar mais dados sobre essa tal carta.

Este documento foi elaborado e aprovado pela ONU em 2002 e tem por objetivo criar um mundo verdadeiramente globalizado, onde todas as nações fariam parte de uma supracultura, estando sob uma mesma Lei no campo da política e também da religião. Na prática seria como se todas as nações que fazem parte da ONU, assinasse uma Lei única garantindo que viveriam num mesmo sistema de idéias, conhecimentos ou comportamento padronizado.

O que nós Testemunhas de Jeová temos com isso? Bem, numa Lei que apóia a suprareligião, todos estariam debaixo dum mesmo credo e duma mesma forma de encarar a Deus. Como os Católicos e Muçulmanos representam as duas maiores religiões, elas seriam um empecilho. Então, a ONU teria que cuidar para que estas religiões fossem extintas, iniciando o processo que foi previsto pela profecia de Revelação em que o fera iria contra a meretriz, Babilônia, a grande.

Quer saber? Esqueçam. Não vai ser por aí. Essa Lei esdrúxula que nunca vai sair do papel. A ONU não tem moral nem para obrigar os Estados Unidos a diminuir sua emissão de gases poluentes, quanto mais de obrigar a países africanos a abandonar sua cultura, sua arte, sua forma de encarar moralmente as coisas, e principalmente, sua religião.

Eu sei que estamos loucos para ver sinais dos últimos dias. Se contente com o que temos até agora. Se servir de consolo, vejam os terremotos do Ceará como um prenuncio dos fins dos dias. Afinal, quem um dia ia achar que teríamos terremotos no Brasil??