segunda-feira, 25 de julho de 2011

NÃO TEMOS SETE DEMÔNIOS AO NOSSO REDOR



"Quando um irmão é desassociado,
sete demônios ficam em volta dele"



Eu não sei se vocês já ouviram esse tipo de comentário, mas em Salvador eu já tinha escutado isso, e ontem, ouvi novamente essa expressão, aqui em Brasilia. Fico imaginando quantos desassociados conseguiriam ajustar sua vida e voltar à Organização se tivessem realmente que lidar com sete demônios ao seu redor? Enfim,  como não sou daqueles que repete o que os outros dizem, mas prefiro pesquisar e buscar na fonte da Bíblia as respostas à minhas dúvidas, gostaria de dizer que tudo isso não passa de mais uma das besteiras que muitos irmãos repetem como falácias.

Vamos lá, a Bíblia menciona "sete demônios" em apenas uma única ocasião. Oficialmente em Lucas 8:2, e extra-oficialmente, num dos manuscritos antigos que na NM foi inserida em Marcos 19:9 (conclusão longa). O relato mostra que Jesus Cristo havia expulsado sete demônios de Maria Madalena, que mais tarde viria se tornar uma das grandes colaboradoras na congregação, tendo o privilégio, inclusive, de ser uma das primeiras a ver Cristo ressuscitado.

Não dá pra saber se o sete eram literais, ou apenas uma metáfora já que a Bíblia utiliza o "sete" para representar inteireza. Por exemplo o termo "Sete Congregações" é utilizado para se referir a todas as congregações ao redor do planeta;  Jesus disse que devemos perdoar até "Setenta e sete vezes mais" no sentido de que o perdão não tem limites. (Rev. 1:20; Mt 18:21, 22) Seja qual for o significado dos "Sete demônios", observem que eles se referiam apenas ao fato de estarem perturbando uma descrente - que alguns historiadores dizem ter sido uma prostituta - que não conhecia e nem era seguidora de Cristo Jesus.

Da mesma forma, não existe nenhum relato bíblico, nem quando o apóstolo Paulo menciona sobre os desassociados, de que eles quando estão afastados, são automaticamente tomados por sete demônios especificamente, ou coisa parecida. 

Contudo, vale lembrar que os demônios tem por objetivo afastar a todos de seguir a Jeová, o Deus Todo Poderoso, e a seu filho, Jesus Cristo. Diariamente, por meio do "desejo da carne, e o desejo dos olhos, e a ostentação dos meios de vida da pessoa", eles nos tentam a todo modo a nos afastarmos da Organização. Para isso precisamos estar sempre revestidos da armadura espiritual de Deus, que envolve entre outras, estarmos produzindo os frutos do espírito. (1 Jo. 2:16; Ef. 6:11; Gal. 5:22,23)  

A pessoa que está servindo a Jeová como Testemunha sua, indo ao Serviço de Campo frequentemente, assistindo e participando das reuniões regularmente, possui naturalmente uma proteção espiritual maior, mas lembre-se, que mesmo este, se não aplicar os princípios bíblicos em sua vida, pode ser engodado pelo diabo, e com isso, cometer erros que pode levar a contristar o espirito santo de Jeová, o que seria um perigo, afinal, sem espírito santo, sem proteção contra demônios, que pode levar à desassociação. O desassociado  impenitente, que continua a cometer erros contra Jeová, obviamente perde toda a proteção espiritual, e assim, fica mais suscetível aos ataques de Satanás e seus demônios. 

Contudo, lembre-se da promessa de Cristo Jesus, quando disse:  "Eu vos digo em toda a verdade: Se pedirdes ao Pai qualquer coisa, ele vo-la dará em meu nome. Até o momento não pedistes nem uma única coisa em meu nome. Pedi e recebereis, para que a vossa alegria seja plena." (Jo 16:23-24) 

Assim, mesmo que esteja desassociado, porém esteja desperto, buscando se guiar nos caminhos de nosso Deus, não perdendo uma reunião sequer, orando regularmente, lendo as publicações e, principalmente, a Bíblia, tenha certeza de que Jeová jamais se afastará de você, e mesmo que pequena, mas o brilho de nosso Deus será o suficiente para afastar qualquer mal que talvez esteja à espreita querendo nos pegar. E lembre-se, se dermos os passos para retornar ao nosso Deus, Jeová “perdoará amplamente”. — Isaías 55:7.



sexta-feira, 22 de julho de 2011

MENSAGENS DO LADO DE LÁ

Quando se está do lado de cá, geralmente você lida com quatro tipo de irmãos: (a) Aqueles que não estão nem aí, que para ele tanto faz ou tanto fez se está desassociado ou não; (b) Os que não gostam de você e acha que se você está desassociado é porque merece; (c) Os que gostam de você e não se importam de falar contigo apesar dos princípios estabelecidos; e, (d) Os que gostam de você, mas são sensíveis o bastante para jamais feria a regra bíblica de que não se deve falar com um desassociado.

O primeiro nós ignoramos, o segundo às vezes nos revolta, o terceiro muitas vezes nos faz sentir vivo e querido, mas o último, este sim, às vezes nos fere quando nos ignora pois nos dá a falsa impressão de que estão decepcionados ou chateados conosco, que no fim, não se importam. Mas é também pelas mãos destes, que às vezes pequenas surpresas se tornam grandes formas de carinho.

Desde que fui desassociado, uma irmã que trabalha comigo cortou todas as relações. Posso encontrá-la no refeitório, na rua, no ônibus, na lanchonete, cruzar pela porta, ela abaixa o rosto e não fala comigo. Admito que isso me incomodava muito, mas pensei, e tinha consciência,  ela estava sendo fiel às normas bíblicas.

Para minha surpresa, hoje ela mandou uma colega me entregar um bilhete de papel dobrado, com algumas poucas linhas escrita à mão. Amei! Simplesmente tocante. Algumas poucas palavras que me fizeram refletir durante todo meu percurso para casa. Acho que é isso que às vezes precisamos. Do carinho e da atenção de pessoas que gostam de nós, mesmo que aparentemente elas não demonstrem tanto.



QUE JEOVÁ NOS ABENÇOE
BOA NOITE!

terça-feira, 19 de julho de 2011

BARRADÃO E A IRMÃ




O Estádio do Vitória, oficialmente chamado de Manuel Barradas mais conhecido como "Barradão" fica no bairro Nossa Senhora da Vitória, território da Congregação Canabrava, lugar, inclusive, onde frequentei há 15 anos. É de lá que uma irmã contou uma experiência inusitada, que como rubro-negro baiano, faço questão de contar aqui.

O "fundo" do Barradão, onde fica os campos de treinamento e concentração do Vitória faz vizinhança com algumas casas e prédios, cujo moradores faziam uma espécie de "entrada alternativa", pulavam o muro e iam assistir o jogo de graça. Pois bem, para acabar com a farra, o administrador do estádio mandou colocar uma cerca elétrica no muro que dividia com essas casas, e antes, como uma questão de consideração, sei lá, resolveu visitar cada um dos moradores. Uma dessas casas, era de uma irmã pioneira regular da congregação. Ela convidou o "moço", explicou que era Testemunha de Jeová, pregou para ele, ofereceu uns lanchinhos e descobriu que ele havia estudado com as Testemunhas de Jeová há algum tempo atrás.

Enfim, ele não só pensou na possibilidade de voltar a estudar como disse para a irmã, que não ia colocar a cerca elétrica no fundo da casa dela, primeiro porque era perigoso para ela e para as netas dela, e segundo, porque conhecia as Testemunhas de Jeová e sabia que "elas" eram honestas e não deixariam ninguém invadir o estádio por meio da casa dela.

Resumo da ópera: o fundo do Barradão tem cerca elétrica em todas as casas, menos no da irmã. O pior é que todos os vizinhos sabem agora que a casa dela não tem cerca elétrica e fica enchendo a paciência da irmã para ela deixar entrar por meio da casa dela. Agora, ela já está pensando em ligar pro administrador e pedir para colocar a cerca porque não aguenta mais.


segunda-feira, 18 de julho de 2011

MUSICA

Acabei de ler a Despertai! de agosto que fala sobre música. Admito que todas as vezes que se fala de música eu sempre leio de forma parcial, afinal, que tem Iron Maiden e Metallica como bandas admiradas, com certeza achará os artigos bastante radicais e duros. Acho que o Escravo acaba entrando um pouco na linha do clichê, quando se refere a musicas.

Por exemplo, observem as figuras da página 08 e 09.  Os "CD" que a irmã joga no lixo são de artistas supostamente pop & rock, como se todos fossem ruins. Mais acima, nas figuras que aparecem,  a irmã está ouvindo músicas que não são objetáveis do grupo que eu chamo de artista para agradar pseudo intelectuais, que inclui, MPB, música clássica, instrumental e afins. 

Pra começar existem bons rock que cristãos podem ouvir sem ferir sua espiritualidade. Bandas como Radiohead, Coldplay, Pink Floyd, The Elvyn, The Magic Numbers,... enfim, muitas bandas que o cristão mais sensível, mesmo passando um pente fino sob as mais rígidas exigências, pode ouvir sem problemas.

Por outro lado a falsa impressão de que cancões do chamado "World Music" são inofensivas pode levar a algumas armadilhas. Muitas canções de Caetano Veloso, Chico Buarque, Gilberto Gil, Maria Rita e outros artistas do chamado grupo intelectual possuem letras muito mais insurgentes que muitas canções de rock.

Mas enfim, acho que esta é uma discussão que não vale à pena entrar. Acredito que no fim, cada pessoa é responsável por aquilo que ouve e deve saber o que a música causa em seu coração. Na verdade, não que seja errado ouvir determinados tipos de música, mas deve se analisar o que ela causa em seu coração, e principalmente, na sua espiritualidade.

Por exemplo, quando estou com raiva, gosto de ouvir rock. É uma forma de extravasar, de soltar o "grito" preso dentro da garganta. Ao contrário do que disse a revista, eu não fico com mais raiva, irritado ou agressivo.  Não incomodo ninguém. Faço isso no recôndito do meu quarto ou no fone do meu MP3 Player. Quando estou feliz gosto de ouvir reggae. É estimulante e me deixa com uma sensação boa de bem estar e tranquilidade (por favor, nenhuma piadinha infame, tá?). Quando quero zoar com os amigos ou curtir uma fossa, nada melhor do que música brega ou sertaneja. Enfim, não são nenhuma das escolhas padrões que um cristão deveria ter, mas são canções que gosto. Quando quero dormir, nada melhor do que os cânticos orquestrados do Reino.

A música tem um poder sensacional. Entretanto, embora concorde que "alguns estilos musicais são conhecidos por sua depravação", não posso dizer que todo funk é imoral (o funk melody, por exemplo, tem letras românticas lindas) e que todo pagode é depravado, só porque as pessoas sambam.

Enfim, acho que o conselho final é tenham bom senso. E viva a música, porque eu não vivo sem ela. E ainda vou ficar surdo disso.


domingo, 17 de julho de 2011

JEOVÁ, A PESSOA MAIS IMPORTANTE PARA TODOS NÓS!


Acabei de chegar da reunião. Agora com mais um companheiro. Um garoto que foi desassociado na quinta, por motivos que todos nós já conhecemos. Enquanto isso, acho que o outro irmão ficou meio desanimado porque possivelmente os anciãos pediram para ele aguardar mais um pouco. Há duas semanas que não o vejo. Quanto ao garoto, é incrível como em pleno século XXI alguns ainda caem no velho golpe do casamento. Dois jovenzinhos. Ele 21. Ela 16. Fizeram "aquilo" e ela disse que queria casar com ele. Como ele disse "não". Ela espalhou pra todo mundo. Resultado? Desassociação. Esse tipo de coisa me dá nos nervos. Mas me dá mais nos nervos ainda vê a garota levantando a mão para comentar - e pior, darem comentário para ela - que devemos continuar fortalecendo nossa fé. Detalhe: ela não é nada, nem publicadora não-batizada, é "filha de irmã". Apesar da pouca idade, dizem as más línguas que a fama dela no bairro não é boa. Interessante é que ela pode comentar; nós não. É no mínimo irônico não é? Enfim, leis são leis e devem ser cumpridas.

___________________________


Nao sei se é eu que estou pesquisando pouco, mas de vez em quando alguns oradores me surpreendem com observações interessantes. Eu já li e reli Gênesis várias vezes, mas nunca tinha observado um ponto de vista interessante. Quando Adão e Eva pecaram contra a Jeová, uma das caracteristicas de sua imperfeição foi se envergonharem por estarem nus. Em 3:7, mostra que eles coseram folhas para se cobrirem, mas mais adiante, no versículo 21, o relato mostra que mesmo apesar de estarem cobertos, Jeová fez "vestes compridas" para eles.

No contexto do discurso, mostra que nem sempre algo que achamos que estamos fazendo de bom é certo, só porque acreditamos que estamos cumprindo uma regra bíblica. O nosso ponto de vista é diferente do ponto de vista de Jeová. As coisas de folhas poderiam cobrir partes dos corpos de Adão e Eva, do ponto de vista deles, mas do ponto de vista de Jeová, ainda faltava mais. As vezes isso pode acontecer com nossa vida. Achamos que estamos fazendo o suficiente aos nossos olhos. Talvez sair no Serviço de Campo aos domingos, assistir as reuniões regularmente, dar um comentário quando der, ou seja, no nosso ponto de vista está tudo na mais perfeita tranquilidade. Mas será que do ponto de vista de Jeová, não necessitamo fazer algo mais?

___________________________


No estudo da revista de hoje - "Quem é a pessoa mais importante na sua vida?" - observei uma coisa curiosa, que infelizmente, o dirigente da revista não focou tanto como achei que deveria focar. Nos parágrafos 16, 17, e especialmente o 18, abordou a um tipo de enganoque muitos irmãos, sem perceber, cometem. A de que a prosperidade está ligada diretamente à espiritualidade de alguém. Minha mãe é uma delas. Às vezes quando algo de errado acontece comigo, como uma batida no carro ou problemas financeiros, ela atribui ao fato d´eu estar desassociado, como se acontecesse de estar ativo, os mesmos problemas não acontecessem. Uma vez ouvi de uma irmã sobre um irmão que tinha sido designado ancião de que "Jeová abençoa as pessoas que andam corretamente", isso porque ele tinha um carrão e um ótimo emprego!

Então quer dizer que pessoas pobres que sofrem problemas não são abençõadas por Jeová ou são fracas espiritualmente?

As vezes eu pensava assim. Toda vez que acontecia algo ruim, achava que estava sendo "punido" por estar desassociado. É um pensamento ruim, um pensamento satânico. É assim que o diabo quer que pensemos, para imaginarmos que servimos a um Deus punitivo, sem amor. Me lembrou uma cena de "Paixão de Cristo", quando Jesus está sendo açoitado pelos romanos e o diabo aparece carregando com carinho o seu "filho", mostrando para Jesus que ela amava de verdade, ao contrário de Jeová que supostamente o havia abandonado. Tudo bem, é uma cena fantasiosa, porque não aparece na Bíblia, mas acho que Mel Gibson teve o insigth perfeito para demonstrar como Satanás tenta nos enganar.

Que jamais pensemos que Jeová nos abandonou. Jeová se afasta daqueles que querem se afastar dele, mas se aproxima de todos, que com o coração arrependido e sincero, quer fazer a sua vontade. Inclusive nós, os desassociados, que querem continuar servindo ao Deus Todo Poderoso.


___________________________


Enfim uma noticia alegre. Meu cunhado, marido de minha irmã que ainda mora em Salvador, foi designado ancião. Que bom. Conheço a pesonalidade e o caráter dele. Sei que será um ótimo ancião!

quarta-feira, 13 de julho de 2011

WATLIB MOBILE

ALGUÉM SABE COMO INSTALAR O WATCHTOWER LIBRARY MOBILE?

Eu tenho um Smartphone C3 da Nokia. Será que roda direitinho?

Se alguém souber, me informa como é?

Brigado!


domingo, 3 de julho de 2011

DESASSOCIADO, MAS AMANDO A JEOVÁ!

É difícil confiar nas pessoas hoje em dia. E mais chato ainda é morar de aluguel. Semana passada uma pessoa disse que o apartamento dela seria meu, pedi uma semana para conseguir o primeiro aluguel, e pimba, ela alugou para outro. Ontem encontrei outro apartamento perfeito em Taguatinga: perto do meu trabalho, perto de tudo. Fui me encontrar com a dona para fechar o negócio, mas ela não apareceu.

Para não perder a viagem fui conhecer o Águas Claras Shopping. Pequeno, apertadinho, típico shopping de bairro. Assisti de uma só vez "X-Men - Primeira Classe" e "Transformers III". Muitos bons, com ressalvas, depois comento sobre eles.

Desta forma, o que era para ser na quinta-feira, foi transferido para  hoje, o meu último dia de reunião na congregação de minha mãe. Espero que sim, porque essa semana tenho de voltar para Brasilia a qualquer custo, nem que seja para morar embaixo da ponte do Guará.

_________________________________________________

Observo que as pessoas exigem muito dos outros, e ás vezes, se apegam a clichês básicos para isso. Como disse uma vez, lá na congregação éramos cinco desassociados. Eu, um rapaz, e três moças. Uma delas retornou, outro já enviou sua carta mas por algum motivo os anciãos pediram para ele aguardar mais um pouquinho, outra é casada e, não sei porque, nunca procurei conversar com ela, e por fim, uma terceira, bonita por sinal, que parecia que queria alguma coisa, mas sucumbiu ao mundo: arrumou um namorado e deixou de frequentar as reuniões.

Sexo... sexo... sexo... é sempre por causa dele. Mesmo que a causa não seja o sexo, mas o fim acaba sendo por causa dele. Sexo ajudou anjos a se aliar a Satanás contra Jeová. Sexo desviou Juízes e Reis. Sexo é responsável por quase 90% das desassociações hoje em dia. As pessoas perdem a cabeça muito mais por sexo, do que por dinheiro. Hormônios à flor da pele associados com a imperfeição.

É uma situação complicada. Não gosto de julgar, até porque me coloco em julgamento. Acho apenas que devemos tomar cuidado. Fui casado durante 03 anos, sou Analista de Atendimento e supervisiono uma equipe com maioria feminina. Meu trabalho envolve treinar, orientar e motivar. A motivação envolve, inclusive, conversas particulares, motivar a pessoa, ou no mínimo, tentar não deixar que problemas pessoais interfiram no seu trabalho. Desta forma, acabamos nos tornando uma espécie "divã", ouvimos problemas, ouvimos situações, ouvimos reclamações, e as vezes a postura aconselhadora que tomamos, acaba por criar vínculos bastante pessoais com essas mulheres. Desta forma sempre estou ouvindo mulheres novas, mulheres já experientes, mulheres castas, mulheres mais liberais, mulheres com pensamentos cristãos, e outros bem pagãos. Mais contundentes, ainda, são os casos de problemas conjugais. Sempre se inicia com "André, você já casado, então vai entender..."

Quando fui desassociado, eu fiz questão de dizer a todos que não era mais Testemunha de Jeová. O objetivo era não denegrir a imagem da Organização e vituperar o nome de Jeová. Escolha péssima porque é justamente disso que sobrevém a mim a pressão enorme de amigos que questionam porque ainda estou sozinho. Às vezes saio para os habituais happy hour de fim de tarde, e sempre tentam me arrumar alguém.  Não posso supervisionar nenhuma garota, que  acha que estou cantando ela, ou ela me canta. A última delas, após uma indireta bem direta, sentenciou: "Depois que separou André virou gay".  Acreditam que já mandaram até um gay me cantar para ver qual seria minha reação? O pior é que como desassociado eu não precisaria passar por tudo isso. É sexo apenas, e o que faço de minha vida aqui fora, em princípio, não interessa a ninguém certo?

A questão para mim não é sexo. A questão para mim é carência afetiva. Gosto de relacionamentos, gosto de lidar com pessoas, gosto de romance, acordar sabendo que você gosta de alguém que gosta de você, gosto de mandar SMS citando letras de música, gosto disso tudo, então, sexo não vai resolver meu problema. O meu problema é quando aparecem justamente a pessoa que preenche essa lacuna na sua vida. Fico triste pela "moça" que deixou de se reunir por causa de um namorado. Espero que um dia Jeová volte a ser real para ela.

O Diabo é o maior psicólogo que já existiu! Jeová não permite que ele leia sua mente, mas por meio de seu comportamento, de suas ações e palavras, ele sabe exatamente como te influenciar subliminarmente. Fico triste também pelas pessoas que acabam sucumbindo. Mesmo que se junte a nós, os Desassociados que amam a Jeová, mas ainda assim são desassociados, e portanto, meu medo maior é a pressão que o mundo faz para que essas pessoas não voltem.

 Fui sábado passado numa festa de Chá de Casa Nova de um colega, e me senti no clipe "I´m with you" da Avril Lavigne. As pessoas rindo, bebendo, curtindo e eu me sentindo estranho num mundo estranho. Sempre quando vou a lugares assim chego a conclusão de que não pertenço a este mundo. Sempre reclamamos de irmãos falsos, de irmãos "isso" ou irmãos "aquilo", acredite, cá fora é bem pior.

Mas enfim, faz parte.

Pra finalizar, uma frase que li dia desses e atribuem supostamente a Nelson Mandela: "Não sou santo. Sou apenas mais um pecador se esforçando"


BOM DOMINGO A TODOS.