domingo, 6 de maio de 2012

TÁ RUIM? MUDE DE CONGREGAÇÃO!

Acho que já escrevi sobre isso antes, mas se for, vamos a uma nova roupagem. Está desasssociado? Quer um conselho? MUDE DE CONGREGAÇÃO!. Isso não é errado, independente do que te digam.

Infelizmente vivemos num mundo ruim, onde as pessoas são más todo o tempo, inclusive muitos de nossos chamados irmãos que costumam nos julgar e condenar. Faz parte da imperfeição ou da iniquidade, não nos cabe julgar isso, afinal, o juiz é nosso Senhor Jesus Cristo. Então, para não pecarmos ficando com raiva ou rancor dos nosso irmãos, o melhor mesmo é mudar de congregação, de preferência, uma distante, aonde ninguém te conhece e não vai te rotular pelas coisas que você fez.

 Isso não quer dizer que fazemos o papel de vítima. Você que está desassociado sabe bem o que fez! Sabe os pecados que cometeu, e sabe, principalmente, que merece sua situação. O que não precisamos, já que temos o julgamento amoroso de nosso Deus Jeová e de seu filho Jesus Cristo, o julgamente corrupto de pessoas imperfeitas. Assim, nada melhor do que começar a vida espiritual num lugar aonde as pessoas te ajudarão pelo que você é, e o que você faz atualmente, náo pelo erro que cometeu no passado.

 Conheço uma irmã, que hoje serve como Pioneira Especial, que me disse uma vez que se continuasse na mesma congregação onde ela foi desassociada, possivelmente estaria desassociada até hoje. Mas nesta nova congregação, aonde ela pode ser "julgada" pelas suas ações presentes, ela sentiu apoio dos irmãos e dos anciãos, ao ponto de se fortalecer, casar com um irmão que tinha como desejo servir no território isolado, e hoje, foram um dos casais que mais tem ajudado pessoas a conhecer a verdade no "deserto" do Ceará.

 Eu fiz isso. Mudei de congregação. Me reuno numa congregação hipér super distante de onde eu servia anteriormente. As pessoas não me conhecem, não vão me rotular, não vão criar padrões e me julgar por isso. Olho para eles, e principalmente, para os anciãos, e vejo um olhar amoroso misturado com apoio e desejo de que eu volte logo. "Precisamos de homens, precisamos de cristãos devotados para trabalhar, inclusive para vocês que estão fora", foi o que ouvi de um discurso na Reunião de Serviço. Isso edifica, isso fortalece, naquele momento em que você pensa em desistir.

 Mude de congregação, mude de tudo, só não mude de Jeová!

 Pense nisso!