sábado, 12 de novembro de 2016

PERGUNTAS SOBRE MIM...

Um leitor do meu blog, chamado Silvano, me fez essas seguintes 10 perguntas abaixo. Achei elas interessante e em vez de responder diretamente, achei que daria um excelente post sobre mim.

Me julguem à vontade.


(1) O que te motivou a ser um dissidente? 

 Segundo um dicionário, dissidente é que ou o que sai de um determinado grupo ou organização por divergir de seus princípios, ideias, doutrinas ou métodos. Eu não divirjo das doutrinas das TJ por isso não me considero um dissidente. Talvez eu questione alguns métodos, mas isso não me torna um dissidente. Como costumo dizer, “Se a verdade não estiver entre as Testemunhas de Jeová, estamos lascados”


(2) A religião que você pertenceu é das Testemunhas de Jeová? Se for o caso, oficialmente, ela tem o status de religião ou seita (devo lembrar que o Caminho de Cristo era considerado uma seita)? 

 Sim, acho que isso está bem implícito. O que é uma seita? Os católicos acham que tudo é seita. Os evangélicos acham que os católicos é uma seita. Nessa briga, prefiro dizer que as Testemunhas de Jeová são o que seu nome diz: o povo de Jeová na terra.

(3) Caso tenha sido por alguma medida disciplinar a qual você não gostou, qual é o motivo de você ainda buscar informações sobre essa religião? 

Eu fui desassociado por um erro que cometi, confessei e achei justa a desassociação. Estou pagando meu erro justamente conforme as regras explicadas a mim, quando me batizei. Busco, porque sei que as Testemunhas de Jeová possui um trabalho sério de pesquisa bíblica e por isso ela contém a verdade.

(4) O que te faz ainda ficar vinculado a essa religião, mesmo que os seus membros não te reconheça como uma Testemunha e seu atual estilo de vida se contrapõe? 

 Por que ela tem a verdade e são coerentes naquilo que pregam.

(5) O termo apóstata te magoa atualmente ou isso nunca foi problema? Ou você acredita que a expressão dissidente se enquadra na sua realidade?

Não. Até porque eu sei que não sou, e Jeová sabe também. E isso que importa. A segunda parte da pergunta respondi na pergunta 1.

(6) Sente que é difícil tocar a vida sem mencionar sobre as TJ e seus dogmas ou você o faz por pura diversão quando percebe que incomoda os seus antigos irmãos na fé? 

 A pergunta é meia confusa, mas vamos lá. Eu fui Tesmunha de Jeová (a religião) por 22 anos, então faz parte da minha vida; é impossível não mencionar sobre isso no meu dia a dia. Meu blog é direcionado a desassociados, portanto, a maioria das pessoas que visitam não se incomodam, mas ao contrário, se sentem aliviados por encontrar algo que lhes entendam e os fortaleçam. Isso vai incomodar as Testemunhas de Jeová ativa, porque elas não foram ensinadas a concordar com nada que é feito por um desassociado, mesmo que seja com as melhores intenções. Eu sei disso e compreendo. Nada do que faço aqui é pra me divertir, só informar e esclarecer.

(7) Quando você é fortemente criticado, quem te magoa mais: Um "apóstata"(dissidente) ou um visitante qualquer? 

 Nenhum dos dois. De verdade. Apóstata nunca me magoa, só me diverte com suas incoerencias. A maioria são ataques clichês. Só existe uma coisa que me magoa: quando um desassociado vem desesperadamente procurar, e depois de todo conselho e ajuda, ao ser readmitido, ele entra em contato pedindo que eu apague todas as mensagens e que faça de conta que ele nunca procurou ajuda no meu blog. Isso magoa.

(8) Você tem alguma esperança de que fará "justiça" ao expor na internet os "erros" que você identifica da religião-alvo?

Não exponho erros doutrinários das Testemunhas de Jeová e consequentemente não estou buscando justiça, até porque não há justiça nenhuma a ser feita. Eu posso questionar alguns comportamentos, métodos, talvez,  mas tem muito mais o objetivo de tentar tirar alguns irmãos da caverna do que expor algum suposto erro.

(9) Tem algum medo ou frustração em recomeçar em outra religião?

 Não. Depois que se torna Testemunha de Jeová é impossível seguir outra religião.

(10) Tem convicção de que seu atual modo de vida está condizente com a ética bíblica, ainda que, possivelmente esteja em desacordo com a religião-alvo? 

Quem será que está condizente com a ética bíblica hoje em dia?